Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/clients/da64478bbe7f87e9a95a9ffc154dd5e5/web/imprimer_article.php on line 6

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/clients/da64478bbe7f87e9a95a9ffc154dd5e5/web/Connections/req.php on line 6
CONTINUA A SAGA DOS GUINEENSES SEM PASSAPORTES EM ITÁLIA | Gaznot.com
Sociedade
CONTINUA A SAGA DOS GUINEENSES SEM PASSAPORTES EM ITÁLIA - 18-11-2016


Article posté le 18-11-2016

CONTINUA A SAGA DOS GUINEENSES SEM PASSAPORTES EM ITÁLIA

Guineenses residentes em Itália, nomeadamente, estudantes, enfrentam dificuldades devido a falta de passaportes.Até esta data as autoridades não cumpriram a promessa de regularizar essa situação.

Eis o que um estudantes relatou a GN:

« Estávamos aflitos com o problema de passaportes caducados, solicitamos a intervenção das autoridades competentes para a resolução do caso e o Governo guineense disse ok.

Autorizou a deslocação de dois técnicos da nossa Representação diplomática em Portugal no mês de Maio do ainda corrente ano à Itália, para a emissão de novos documentos em uso no espaço CEDEAO. Um mês depois, conforme a promessa da nossa Embaixada, recebemos passaportes prontos.

Embora incompleto, a Comunidade guineense em itália aplaudiu e agradeceu infinitamente a postura das nossas autoridades. O resto de passaportes (13 na totalidade), segundo a Embaixada guineense em Portugal, ainda continua em Bissau por causa da indisponibilidade de “verba” do Governo para a recuperação de custos da redução no preço efectuada aos estudantes, titulares desses documentos.

No dia 20 de Julho último, uma fonte da Embaixada da Guiné-Bissau em Lisboa citada pela Associação da Comunidade e Amigos da Guiné-Bissau em Itália (ACOAGUI), dá conta que o caso “verba” do Governo “já está resolvido” e que os documentos estariam a caminho de Lisboa para serem assinados e enviados à Itália.

Entre Julho e Novembro são 4 meses, (120 dias). Os passaportes ainda não chegaram aos seus titulares.

 Assim, é muito difícil deixar de acreditar se não haverá alguém a “cambalachar”.

“A verdade faz mal por pouco tempo, uma mentira para sempre”diz um velho ditado.

O Governo guineense prometeu dar verbas as Embaixadas para a recuperação de custos no que diz respeito a redução no preço dos passaportes para estudantes. E depois...???

De salientar que, para além dos 13 passaportes, a Embaixada não enviou ainda as Cédulas pessoais de cerca de 12 crianças feitas no mesmo dia da emissão de passaportes.

Seria muito bom que concluíssemos as coisas em boas maneiras porque, “as boas maneiras dão sempre rendimentos, as más nunca”. »

 

Gazeta de Notìcias, 2009 © Todos os direitos reservados
www.gaznot.com