Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/clients/da64478bbe7f87e9a95a9ffc154dd5e5/web/imprimer_article.php on line 6

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/clients/da64478bbe7f87e9a95a9ffc154dd5e5/web/Connections/req.php on line 6
BCEAO e FMI organizam conferência regional sobre inclusão financeira | Gaznot.com
Economia
BCEAO e FMI organizam conferência regional sobre inclusão financeira - 20-09-2016


Article posté le 20-09-2016

Na abertura da reunião o director-executivo do BCEAO no país, João Aladji Mamadu Fadia, a partir da sede em Bissau, disse que a iniciativa visa a discussão entre os participantes, sobre o nível da taxa de bancarização na sub-região, considerada a mais baixa do mundo.

“Queremos fazer de tudo para permitir as nossas populações o acesso as finanças”, afirmou.

No entanto, João Aladji Mamadu Fadia explicou que serão discutidas questões relacionadas com os sistemas de transferências electrónicas de dinheiro a fim de facilitar as populações longínquas que não têm acesso ao sistema bancário.

O director executivo do BCEAO revelou que também há outros produtos que estão sendo lançados no quadro deste encontro, nomeadamente, a finança islâmica, que é gerida na base das leis do Sharia, que deve ser adaptada ao sistema monetário sub-regional.

Segundo este responsável, o encontro será dirigido a partir da sede principal do BCEAO no Senegal (Dakar) para as diferentes representações daquela organização económica sub-regional, através de uma videoconferência.

“Estão a participar nesta reunião os elaboradores e decisores da implementação das políticas económicas na subregião, nomeadamente, os ministros das finanças e governadores e, directores dos bancos, centrais e comerciais dos países membros da UEMOA e da CEDEAO e o director adjunto do FMI.

“Participam, igualmente, nesta reunião os operadores do sector privado, das organizações não-governamentais (ONG) e os autores da sociedade civil”, explicou João Fadia.

Fadel Gomes

 

 

Gazeta de Notìcias, 2009 © Todos os direitos reservados
www.gaznot.com