ANP CHUMBA AGENDAMENTO DO PROGRAMA DE GOVERO: GENERAL EMBALÓ A UM PASSO DA DEMISSÃO   |   O "PRESIDENCIALISMO" DE JOSÉ MÁRIO VAZ   |   Quem Ganha e Quem Perde Nesta Crise de Surdos?   |   2017 ano da reforma na administração pública e de trabalho   |   «Considero-me um cidadão político... cujo primeiro compromisso é com o país, a Guiné-Bissau» - Garante o escritor Fernando Casimiro “Didinho”   |   Rss Gazeta de Notìcias
Document sans titre
Nacional
Mediação da Crise: Bissau espera chegada de Olesegun Obasanjo - 05-02-2016

Share |

Article posté le 05-02-2016

O antigo presidente da Nigéria, Olesegun Obasanjo deve estar  hoje em Bissau, para mais uma vez tentar desbloquear o impasse prevalecente na vida politica guineense, despoletada com a declaração de perda de mandato de 15 deputados, expulsos do PAIGC por” grave violação” dos estatutos do partido.

Duas tentativas feitas pelo Presidente da Republica não produzirem efeitos satisfatórios e uma terceira ronda negocial deve ocorrer esta sexta-feira.

Fontes diplomáticas citadas pela RFI referem que Obasanjo, na qualidade de mediador da CEDEAO, deverá estar presente na reunião promovida pelo Presidente Mário Vaz, no Palácio da República.

Na última reunião, terça-feira Presidente José Mário Vaz pediu as partes: o Parlamento, direcção do PAIGC e o grupo de 15 deputados expulsos do hemiciclo para que se apresentem  na reunião  com propostas concretas para a saída da crise que se arrasta desde Dezembro.

O líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira  pediu quinta-feira , numa carta enviada ao Presidente da Guiné-Bissau, que mude o formato dos encontros que promove para resolver “uma crise institucional que já não existe” e reconheça que “a normalidade política está restabelecida”.

 Simões Pereira afirma na carta ao Presidente José Mário Vaz que os encontros devem acontecer “entre instituições da República devidamente competentes e legitimadas para o efeito”, sob pena de o PAIGC estar “incapacitado de manter a sua presença”.

O presidente do PAIGC aplaude a via do diálogo, mas lamenta que esta ocorra “num quadro de subalternização das normas e competências de um órgão de soberania da importância da Assembleia Nacional Popular”. RFI
 

COMENTÁRIOS
Document sans titre
E-mail:
Password:
 

Ainda não tem Área Pessoal?   » Registe-se
Esqueceu a password?   » Clique Aqui

0 Comentários

Pas encore de commentaire ajouté...
Nacional

Nacional

Nacional

Nacional

Nacional

Nacional

Nacional

Nacional

Nacional

Nacional

 

 

   
ÁREA RESERVADA
 
Document sans titre
E-mail:
Password:
 

Ainda não tem Área Pessoal?   » Registe-se
Esqueceu a password?   » Clique Aqui

   
   
   
EDITORIAL
 
 
   
Document sans titre
   
 
Gazeta de Notìcias, 2009 © Todos os direitos reservados - Design by CHRISTDOWEB