ANP CHUMBA AGENDAMENTO DO PROGRAMA DE GOVERO: GENERAL EMBALÓ A UM PASSO DA DEMISSÃO   |   O "PRESIDENCIALISMO" DE JOSÉ MÁRIO VAZ   |   Quem Ganha e Quem Perde Nesta Crise de Surdos?   |   2017 ano da reforma na administração pública e de trabalho   |   «Considero-me um cidadão político... cujo primeiro compromisso é com o país, a Guiné-Bissau» - Garante o escritor Fernando Casimiro “Didinho”   |   Rss Gazeta de Notìcias
Document sans titre
Politica
Crise Política: PR Lamenta ausências do PAIGC e da ANP no encontro de procura de solução - 05-02-2016

Share |

Article posté le 05-02-2016

O Presidente da República da Guiné-Bissau lamentou hoje as ausências dos representantes do PAIGC e da mesa da Assembleia Nacional Popular no terceiro encontro que promoveu para solucionar a crise política no país.

Num comunicado assinado pelo conselheiro porta-voz da Presidencia da República à que o Gazeta de Notícias teve acesso o chefe de Estado lamentou as duas ausências, “numa altura em que o país requer os esforços de toda a sociedade, particularmente dos atores políticos e sociais, para emergir desta crise", refere-se no documento.

A nota revelou que os presidentes do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Domingos Simões Pereira, e da Assembleia Nacional Popular (ANP), Cipriano Cassamá, já tinham comunicado esta semana que não concordavam com o facto de um grupo de 15 deputados expulsos do hemiciclo terem assentos nos encontros.

No entanto, disse que o PR estranhou o facto de só agora a ANP e o PAIGC questionarem a formato das reuniões, quando o mesmo já tinham sido definido desde o início, ou seja sentar à mesma mesa todas as partes desavindas do parlamento.

A nota informa ainda que a Presidente da República comunicou aos presentes na reunião que recebeu das correspondências - uma assinada pelo presidente da ANP e outra pelo líder do PAIGC, que estre outras questões abordadas, surgem, ambas, a alteração do formato das reuniões, que, segundo eles, não deviam contar com a presença da delegação dos 15 deputados do PAIGC.

“Sobre essas duas cartas, o chefe de Estado explicou que deu instruções ao seu Gabinete para que não seja respondidas, por considerar que eram dirigidas ao público e apenas remetidas para o conhecimento do presidente da república, uma vez que, antes mesmo de chegarem à sua mesa de trabalho, jé circulavam, desde o dia anterior, nos órgãos de comunicação social e nas redes sociais”, revela o comunicado.

Conforme o comunicado o Presidente da República solicitou aos observadores presentes nomeadamente, as organizações da da sociedade civil, a efectuarem diligencias junto do PAIGC e da Mesa da ANP no sentido de fazê-los regressarem à mesa do diálogo.

Fadel Gomes

 

 

 

COMENTÁRIOS
Document sans titre
E-mail:
Password:
 

Ainda não tem Área Pessoal?   » Registe-se
Esqueceu a password?   » Clique Aqui

0 Comentários

Pas encore de commentaire ajouté...
Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

 

 

   
ÁREA RESERVADA
 
Document sans titre
E-mail:
Password:
 

Ainda não tem Área Pessoal?   » Registe-se
Esqueceu a password?   » Clique Aqui

   
   
   
EDITORIAL
 
 
   
Document sans titre
   
 
Gazeta de Notìcias, 2009 © Todos os direitos reservados - Design by CHRISTDOWEB