ANP CHUMBA AGENDAMENTO DO PROGRAMA DE GOVERO: GENERAL EMBALÓ A UM PASSO DA DEMISSÃO   |   O "PRESIDENCIALISMO" DE JOSÉ MÁRIO VAZ   |   Quem Ganha e Quem Perde Nesta Crise de Surdos?   |   2017 ano da reforma na administração pública e de trabalho   |   «Considero-me um cidadão político... cujo primeiro compromisso é com o país, a Guiné-Bissau» - Garante o escritor Fernando Casimiro “Didinho”   |   Rss Gazeta de Notìcias
Document sans titre
Politica
Tenssão política: PRS ameaça entrar com recursos constitucionais e regimentais contra a Mesa da ANP - 07-01-2016

Share |

Article posté le 07-01-2016

O líder da bancada parlamentar do Partido da Renovação Social (PRS) ameaça entrar, dentro em breve, com recursos constitucionais e regimentais contra a Mesa da Assembleia Nacional Popular (ANP), ao qual acusam o seu presidente de estar incluído em manobra dilatória com vista a acordar vantagens ao bancada parlamentar do PAIGC no processo de votação do programa do governo.

Certório Biote falava numa conferência de imprensa realizada esta quarta-feira 06 do corrente, em Bissau, para reagir sobre a decisão do presidente da ANP de indeferir o requerimento da sua formação política sobre o agendamento para esta quinta-feira (07 do corrente) da apresentação do programa do governo rejeitado pelos parlamentares à 23 de Dezembro ultimo.

Este deputado afirma que perante a tal situação a sua formação política, que representa a segund maior formação na ANP, vai recorrer aos instrumentos constitucionais capazes de destituir o presidente da mesa da Assembleia Nacional Popular por não estar a cumprir com o seu dever enquanto legislador.

“O PRS não pode permitir que deputados nação sejam os próprios a tomarem medidas arbitrárias, distorcendo verdades criando mal-estar em benefício de um partido. 

Certório Biote disse que o PRS não tem nada a ver com os assuntos internos do PAIGC. No entanto, “Assembleia Nacional Popular tem que funcionar normalmente. Por isso não permitiremos que ninguém crie mais perturbações ao país através da tentativa de alterar a data da votação do programa do governo”, garantiu.

Este responsável político disse que a sua bancada parlamentar tinha apresentado um requerimento à plenária da ANP para a sua votação, mas o presidente da mesa da Assembleia Nacional Popular o indeferiu sem ter a competências para tal.

“O requerimento é dirigido à plenária com vista a uma votação por isso não compete ao presidente da ANP indeferir ou deferir o documento apresentado pela bancada do PRS”, explicou.

Fadel Gomes

 

COMENTÁRIOS
Document sans titre
E-mail:
Password:
 

Ainda não tem Área Pessoal?   » Registe-se
Esqueceu a password?   » Clique Aqui

0 Comentários

Pas encore de commentaire ajouté...
Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

Politica

 

 

   
ÁREA RESERVADA
 
Document sans titre
E-mail:
Password:
 

Ainda não tem Área Pessoal?   » Registe-se
Esqueceu a password?   » Clique Aqui

   
   
   
EDITORIAL
 
 
   
Document sans titre
   
 
Gazeta de Notìcias, 2009 © Todos os direitos reservados - Design by CHRISTDOWEB